o grito e clamor das almas

Apocalipse: o grito e clamor das almas

Elas gritam alto para que a honra e o louvor do Senhor Jesus sejam restabelecidos, pelo juízo, sobre aqueles que as mataram, por causa da Palavra de Deus e do testemunho que deram do Senhor

É importante notar que no livro do Apocalipse, o apóstolo destaca que viu apenas o clamor das almas sob o altar. Quem está clamando? As almas debaixo do altar. A quem elas clamam? Ao Senhor. E como é o seu clamor? Em grande voz. E por que em grande voz? Será desejo de vingança? Não! Este clamor das almas dos mártires tem razões justificadas:

PRIMEIRA: estas almas sob o altar estão vendo o julgamento de Deus ao mundo anticristão; elas mesmas, entretanto, continuam sem justificação, apesar de terem sido as únicas na Terra que, durante a Grande Tribulação, firmaram- se na Palavra de Deus e no testemunho do Senhor Jesus.

SEGUNDA: elas gritam alto para que a honra e o louvor do Senhor Jesus sejam restabelecidos, pelo juízo, sobre aqueles que as mataram, por causa da Palavra de Deus e do testemunho que deram do Senhor. Há uma revolta pelo escárnio do nome de Deus, pois apesar de a humanidade estar vivendo sob os juízos, ainda assim ela mantém o seu coração inalterado com respeito a Deus.

TERCEIRA: elas clamam porque continuam numa situação intermediária, ou seja, estão debaixo do altar e não são glorificadas como aqueles que creram durante o período que antecedeu o arrebatamento.

Naturalmente essa posição as aflige, apesar de já terem a certeza da sua Salvação e estarem diante da presença de Deus. Elas alcançaram a Salvação por causa da Palavra de Deus e do testemunho do Senhor Jesus, mas isto aconteceu sem o selo do Espírito Santo. Não é como a Igreja arrebatada, que recebeu o carimbo do Espírito Santo, pois está escrito:

"Em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa Salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, ao resgate da Sua propriedade, em louvor da Sua glória." Efésios 1.13,14

O fato é que os juízos divinos continuavam acontecendo na Terra, enquanto aquelas almas estavam debaixo do altar. Elas precisam esperar o momento certo para poderem se juntar às demais.

Como não estava ainda completo o número daqueles que iriam ser mortos por causa da Palavra de Deus e do testemunho do Senhor Jesus, elas precisavam repousar por mais um tempo, e, assim, esperar que se completasse o número daqueles que iriam ser salvos. Vejamos o que acontece enquanto isso:

"Então, a cada um deles foi dada uma vestidura branca, e lhes disseram que repousassem ainda por pouco tempo, até que também se completasse o número dos seus conservos e seus irmãos que iam ser mortos como igualmente eles foram." Apocalipse 6.11

Aquela vestidura branca que receberam simbolizava a justificação. Assim como a Igreja recebeu na Terra o Espírito Santo da promessa como penhor de glória futura, também elas receberam uma vestidura branca, como adiantamento da glória futura, tendo em vista a sua fé na Palavra de Deus e o testemunho que deram do Senhor Jesus em meio à Grande Tribulação.

(*) Trecho retirado do livro "Estudo do Apocalipse", do bispo Edir Macedo